Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Atualização do Flos Carmeli - 26 de Maio, 2017


Estudos Marianos - Terceiro Segredo de Fátima Parte IV

Depoimento da irmã Agnes Sasagawa, acerca da última mensagem de Nossa Senhora em aparição à irmã, em Akita, no Japão. A aparição e os eventos acerca do acontecimento, ocorreram no ano de 1973, no convento "Instituto das Servas da Eucaristia". A Virgem Santíssima falava à irmã Agnes através de uma imagem Sua de madeira que fica na capela do convento.

Os acontecimentos se deram num pequeno convento de Irmãs chamado "Instituto das Servas da Eucaristia". O instrumento que a Virgem Santíssima escolheu para transmitir sua mensagem ao mundo, foi a Irmã Agnes Sasagawa Katsuko. Ela tinha um problema na audição e, por ocasião destes acontecimentos, estava completamente surda.

Na capela das Irmãs havia uma escultura de madeira, em que fora entalhada em forma de Cruz (com aproximadamente um metro de altura) e, em frente à cruz foi esculpida a imagem da Santíssima Virgem, que lhe revelou os anseios do Pai Eterno, quanto a correspondência da humanidade aos apelos dos Céus.

Continuar Lendo...

Veja Também                                                                



Dia 25 - Santa Maria Madalena de Pazzi                            

Santa Maria Madalena de Pazzi (* Florença, 2 de Abril de 1566, + 25 de Maio de 1607) foi uma mística monja carmelita católica italiana. Educada piedosamente, desde cedo demonstrou um sentido profundo da presença de Deus, um amor ardente à Eucaristia e forte inclinação para o espírito de penitência. Aos dezesseis anos foi admitida entre as monjas carmelitas do Mosteiro de Santa Maria dos Anjos da sua cidade.A uma intensa vida espiritual aliou a observância dos votos religiosos e levou uma vida escondida de oração e abnegação. Pedia incessantemente pela reforma da Igreja, e dirigiu as suas irmãs no caminho da perfeição...Continuar Lendo

16 de Maio - São Simão Stock                                              


Em 1251, Frei Simão Stock convocou um Capítulo Geral pedindo a toda a Ordem que rezasse noite e dia pela resolução do problema. Acudiram ao Céu e ao Papa. S. Simão liderava esta campanha rezando com insistência à Mãe do Carmo para que deles se compadecesse. Um dia em que, como tantas vezes, rezava a oração do «Flos Carmeli», apareceu-lhe a Virgem Maria na sua cela e entregou-lhe o Escapulário dizendo que este símbolo era o sinal da sua protecção para com os carmelitas e para quem a partir de então o usasse. Pensa-se que esta aparição se deu na noite de 15 ou 16 de Julho. Era o ano de 1251...Continuar Lendo

Liturgia do Dia:                                                                       

Festa da Ascensão do Senhor – 1a. classe - Forma Extraordinária do Rito Romano - Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianey - Ordo Próprio 
Santo Evangelho (Mt 28,16-20) 

Naquele tempo, os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram. 

Então Jesus aproximou-se e falou: “Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, 20e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! 
Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo”.

Sentido da Ascensão na vida da Igreja

Um dos Mistérios da Vida de Cristo que nós proclamamos em nossa Profissão de Fé é a sua Ascensão. Cremos que Ele, após sua Ressurreição e suas Aparições, subiu aos céus e sentou-se a direta de Deus Pai Todo-Poderoso. Vejamos o que significa esta nossa afirmação de fé.

Conforme a Sagrada Tradição, Já por volta do ano 388 podemos ver o testemunho de São Gregório de Nissa sobre a celebração da Solenidade da Ascensão do Senhor no Oriente. Ela era a festa da “volta do Cristo ao Pai”, fixada quarenta dias após a Festa da Páscoa em consonância com o relato bíblico lucano. Este é o testemunho mais antigo que temos desta celebração. Santo Agostinho, também, testemunha a Festa da Ascensão com seus sermões na Igreja Ocidental, no século V.

O Mistério da Ascensão está intimamente ligado ao da Encarnação e ao da Parusia. No Mistério da Encarnação, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade assume a natureza humana para redimí-la e fazê-la participante da glória divina. Para isso ela “desce”, esvazia-se de sua glória, toma a condição de homem-servo e vai até o extremo da morte. O Mistério da Ascensão é a concretização daquilo que se iniciou na Encarnação. Cristo “sobe”, é exaltado e glorificado. Todavia, leva junto a nossa natureza e a faz participar plenamente de sua condição. Assim, Encarnação e Ascensão são início e fim de um mesmo movimento de levar o homem a participar da Vida de Deus.

A Ascensão, por sua vez, só alcança inteiramente sua eficácia na Parusia. É no fim que todos os homens serão apresentados por Cristo ao Pai para tomarem posse da vida bem aventurada. O que vemos hoje na Ascensão do Senhor é nossa esperança de, também, com Ele, participarmos da glória divina.


Pe. Vitor Gino Finelon
Professor das Escolas de Fé e Catequese
Mater Ecclesiae e Luz e Vida
Arq. do Rio de Janeiro

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Atualizações do Flos Carmeli - 25 de Maio 2017


Banner do Site: Mosaico  representando Cristo na Glória Celeste, ladeado de sua Mãe Santíssisma Theotokos e do Arcanjo Gabriel. No livro em suas mãos lê-se a inscrição EIPHNH YMIN. EΓΩ EIMI TO ΦΩC TOY KOCMOY. "A paz esteja convosco". O Mosaico esta justaposto na porta imperial da Igreja Hagia Sophia - Istambul - Antes Basílica Ortodoxa, depois convertida em Mesquita. Hoje, porém, Museu. Visite aqui um histórico desse local em Língua Galesa..
Série - O Terceiro Segredo de Fátima

Voce acompanha conosco uma série de Estudos sobre o Terceiro Segredo de Fátima. Perdeu a sequência ? Veja as sinopses e clique nos links abaixo para copiar ou compartilhar.

"Em 26 de Dezembro de 1957,o então postulador das causas de beatificação de Francisco e Jacinta Marto, Padre Agustín Fuentes, encontrou-se com a Irmã Lúcia no seu convento em Coimbra. Depois de falar com Lúcia, o Padre Fuentes publicou um relatório do encontro com “todas as garantias de autenticidade e com aprovação episcopal, incluindo a do Bispo de Fátima”.

Ao falar com o Padre Fuentes, a Irmã Lúcia concentrou-se na data de 1960, que se ia aproximando, e num castigo ainda maior do que a 2ª Guerra Mundial e a propagação do Comunismo, que já era manifesta – castigo este que ela revela estar predito no Terceiro Segredo: "Senhor Padre, a Santíssima Virgem está muito triste, por ninguém fazer caso da Sua Mensagem, nem os bons nem os maus: os bons, porque continuam no seu caminho de bondade, mas sem fazer caso desta Mensagem; os maus, porque, não vendo que o castigo de Deus já paira sobre eles por causa dos seus pecados, continuam também no seu caminho de maldade, sem fazer caso desta Mensagem. " Link da Postagem/ Ler tudo


Em 13 de Maio de 1982, durante a sua viagem a Fátima a seguir à tentativa de assassínio, o Papa João Paulo II ligou novamente a Mensagem de Fátima a acontecimentos apocalípticos não mencionados nas duas primeiras partes. No seu sermão, citado mais atrás, o Papa revelou que Nossa Senhora de Fátima tinha dado o que Pio XII chamara “um aviso divino” sobre um ataque aos dogmas da Fé: Poderá a Mãe, que deseja a salvação de todos os homens, com toda a força do seu amor que alimenta no Espírito Santo, poderá Ela ficar calada acerca daquilo que mina as próprias bases desta salvação? Não, não pode!” Link da Postagem/ Ler Tudo


Em 13 de Maio de 2000 João Paulo II renovou a temática apocalíptica que Paulo VI apresentara em Fátima 33 anos antes, ligando mais uma vez Nossa Senhora de Fátima ao Capítulo 12 do Livro do Apocalipse.

Na sua homilia, durante a Missa de beatificação de Jacinta e Francisco, João Paulo II declarou: Por desígnio divino, veio do Céu a esta terra, à procura dos pequeninos privilegiados do Pai,

“uma Mulher revestida com o Sol” (Apoc. 12: 1). Fala-lhes com voz e coração de mãe: convida-os a oferecerem-se como vítimas de reparação, oferecendo-Se Ela para os conduzir, seguros, até Deus... “E apareceu no Céu outro sinal: um enorme dragão vermelho” (Apoc. 12: 3).

Estas palavras da primeira leitura da Missa fazem-nos pensar na grande luta que se trava entre o bem e o mal, podendo-se constatar como o homem, pondo Deus de lado, não consegue chegar à felicidade, antes acaba por destruir-se a si próprio... A mensagem de Fátima é um apelo à conversão, alertando a humanidade para não fazer o jogo do “dragão” que, com a “cauda, arrastou um terço das estrelas do Céu e lançou-as sobre a terra” (Apoc. 12: 4). A meta última do homem é o Céu, sua verdadeira casa, onde o Pai celeste, no seu amor misericordioso, por todos espera…Link da Postagem/ Ler Tudo





Artigo  - Corrupção Epidêmica
Por Dom Fernando Rifan

Certa vez, um rei perguntou aos seus ministros a causa de o dinheiro público não chegar ao seu destino como quando saiu da sua fonte. Um ministro mais velho, sentado na outra cabeceira da mesa, tomou uma grande pedra de gelo e pediu que a passassem de mão em mão até o Rei. Quando a pedra lá chegou estava bem menor. O ministro então disse: é essa a explicação: “passa por muitas mãos e sempre deixa alguma coisa”. 

A corrupção é considerada pela ONU o crime mais dispendioso de todos, causa de muitos outros. A corrupção propicia a ocupação de cargos por pessoas indignas, manobras políticas, compra de votos, licitações desonestas, o desvio, a malversação e o desperdício do dinheiro público, a impunidade, o tráfico de drogas, a sua veiculação nos presídios etc.


“Aquele que ama o ouro não estará isento de pecado; aquele que busca a corrupção será por ela cumulado. O ouro abateu a muitos... Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula... Quem é esse homem para que o felicitemos? Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito está reservada uma glória eterna:... ele podia fazer o mal e não o fez” (Eclo 31, 5-10). São palavras de Deus para todos nós. Continuar Lendo...


Pedidos de Oração