Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 19 de dezembro de 2010

18 e 19 de Dezembro de 2010 - III e IV Dias da Novena do Natal


***Oração para Todos os Dias ***

Ó Jesus vivendo em Maria vinde viver em vosso servo com o espírito de vossa santidade com a plenitude de vossas forças na retidão de vossos caminhos na verdade de vossas virtudesna comunhão de vossos mistérios para dominar as forças adversas com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.


Texto Bíblico para Reflexão - III Dia

“E naqueles dias, levantando-se Maria, foi com pressa às montanhas a uma cidade de Judá.  E entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.  E aconteceu que apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz e disse:  Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.  E donde a mim esta dita, que a mãe do meu Senhor venha ter comigo?  Porque logo que a voz da tua saudação chegou aos meus ouvidos, o menino exultou de alegria no meu ventre. E bem-aventurada tu, que creste, porque se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas.  Então Maria disse: Minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito exulta em Deus meu Salvador.” (São Lucas I,39-47)

Antifona - Ó Adonai chefe da casa de Israel, que apareceste a Moisés na sarça em fogo e deste-lhe no Sinai a lei: Vinde resgatar-nos com teu braço poderoso.


Texto Bíblico para Reflexão - IV Dia

“E Zacarias, seu pai, foi cheio do Espírito Santo e profetizou dizendo:  Bendito seja o Deus de Israel, porque visitou e resgatou o seu povo.  E suscitou uma força para nos salvar, na casa de seu servo Davi.  Conforme anunciou pela boca dos seus santos, de seus profetas, desde os tempos antigos; para nos livrar dos nossos inimigos e das mãos de todos os que nos odeiam. Para exercer a sua misericórdia a favor de nosso pai Abraão, de nos conceder que, livres das mãos dos nossos inimigos, o sirvamos sem temor, com uma santidade e uma justiça digna dos seus olhares, durante todos os dias da nossa vida.  E tu, menino, serás chamado o profeta do Altíssimo, porque irás diante da face do Senhor a preparar os seus caminhos, para dar ao seu povo o conhecimento da salvação para a remissão dos seus pecados;  pelas entranhas da misericórdia do nosso Deus, graças à qual nos visitou do alto o Sol nascente, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte; para dirigir os nossos pés no caminho da paz.” (São Lucas I,67-79)


Antifona - Ó raiz de Jessé que te ergues como um estandarte para os povos, diante de quem se calarão os reis, e a quem as nações pedirão clemência:  Vinde libertar-nos, não tardeis.


Magnificat


Minha alma engrandece ao Senhor / E meu espírito exulta em Deus meu salvador./ Porque pôs os olhos na sua escrava,/ eis que todas as gerações me chamarão bem-aventurada./ Grandes maravilhas fez em mim o Onipotente, cujo nome é santo./ Cuja misericórdia se estende de geração em geração, sobre todos os que O temem./ Manifestou a força do seu braço, dissipou aqueles que se orgulhavam nos seus pensamentos / Depôs do trono os poderosos e elevou os humildes, / Encheu de bens aos famintos, deixou aos ricos vazios./ Protegeu Israel seu servo, lembrado de sua misericórdia./ Assim como prometera a nossos pais, a Abraão e a todos os seus descendentes. / Glória ao Pai ao Filho e ao Espírito Santo / Assim como era no princípio agora e sempre por todos os séculos dos séculos. Amém


 
Repete-se a antífona do dia e segue-se para o seguinte versículo:

V/ Orvalhai do alto, ó céus, e que as nuvens chovam o justo

R/ Que a terra se abra e germine o Salvador

Oremos:
+
Benigníssimo Deus de infinita caridade, que tanto amastes os homens, que lhes destes, em vosso Filho, a maior prenda do vosso amor para que, feito homem nas entranhas de uma Virgem, nascesse em um presépio para nossa salvação e remédio; eu, pobre mortal, vos dou infinitas graças por tão soberano benefício.Em troca dele, vos ofereço a pobreza, a humildade e as demais virtudes do vosso Filho humanado, suplicando-vos por seus divinos méritos, pelo desconforto em que nasceu e pelas ternas lágrimas que derramou no presépio, disponhais nossos corações com humildade profunda, com amor ardente, com tal desprezo de tudo que é terreno, para que Jesus recém nascido encontre neles sua morada eterna. Amém.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Fonte: Derradeiras Graças

Nenhum comentário:

Pedidos de Oração