Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Santo Eliseu, Profeta - Inspirador da Ordem do Carmo

Coral Flos Carmeli "O Misterium Inefabile"

Solene Novenário de N.Sra. do Carmo - 09 de Julho de 2014
Igreja do Carmo - Campos - RJ - Tema do Terceiro Dia do Novenário : A experiência dos Primeiros Eremitas do Monte Carmelo - Santo Eliseu Profeta como fonte inspiradora


"Quando Elias se aproximou de Eliseu, lançou o seu manto sobre os ombros dele, e Eliseu, largando os bois correu imediatamente para seguir Elias e servia-lhe". Eliseu recebendo o espirito de Elias, entre muitos grandiosos prodigios, curou Naamã da lepra, ressuscitou um menino que falecera, conviveu entre os filhos dos profetas e, em nome de Deus interveio muitas vezes nos acontecimentos do povo de Israel. A Ordem do Carmo, lembrada das suas origens no monte carmelo, desejou com a celebração litúrgica dos grandes Profetas, celebrar a memoria da presença deles e dos seus gestos. Já no ano de 1399 o Capitulo Geral decretou celebração da festa de Santo Eliseu; e nos nossos dias o profeta lança uma luz sobre a missão profética do cristão com fidelidade ao Deus Vivo e Verdadeiro.

"Eliseu chegou a casa; lá esta o menino morto e estendido sobre sua própria cama. Ele entrou fechou a porta atras deles dois e orou a Deus... depois tornou a subir e se estendeu sobre ele, até sete vezes: então o menino espirrou e abriu os olhos ... Toma teu filho " (Cf. 2 Rs 4, 8-37) "A mulher de um dos irmãos profetas suplicou a Eliseu, dizendo: "Teu servo, meu marido, morreu, e bem sabes que reu servo remia a Deus. Ora, veio o credor para tomar meus dois filhos e fazê-los escravos" Eliseu lhe disse "que posso fazer por ti? Dize-me, que tens em casa? Respondeu ela: Tua serva nada tem em casa, a não ser um vaso de óleo." então ele ordenou "Vai e pede emprestadas a todos seus vizinhos ânforas vazias em grande quantidade! Depois entra, fecha a porta atrás de ti e de teus filhos e derrama áleo em tadas essas ânaforas, pondo-as de lado á medida que forem ficando cheias" ela retirou-se e fechou a pota atrás de dela e de seua filhos; e estes lhe apresentavam as âforas e ela enchia... " 2Rs 4, 1-6) 

Eliseu, cujo nome significa - "Deus é a minha salvação" - é uma figura dominante no século IX antes de Cristo. Pela Bíblia sabemos que o seu pai se chamava Sabat, que era originário de Abel Meholah, ao sul de BetShan, e que a sua família estava bem colocada (1 Re. 19, 16-19). Deus escolhe-o directa e especialmente para ir no encalço de Elias (1 Re. 19,19 ss.), ao qual sucederá depois do misterioso desa¬parecimento deste, herdando o seu espírito na medida estabelecida pela Lei para os primogênitos. As Sagradas Escrituras dão-lhe o apelido de "homem de Deus" e esta afirmação revela-se principalmente pelos prodígios que opera ao longo da vida. A sua vida é mais 'apelativa do que a de Elias pelos prodígios que faz, mas a sua influência é menor. No Novo Testamento apenas se refere uma vez o seu nome (Lc. 4, 27), enquanto há trinta referências de Elias.

No trilho de Elias, a sua vida é narrada no Livros dos Reis. Gozou de grande estima entre os Reis Josafat (2 Re. 3,12) e Joás (2 Re. 13,14-19). Aparece na Bíblia quando segue Elias e ele recebe o espírito duplo (2 Re. 1) e termina com o milagre que teve lugar com o cadáver do Profeta já enterrado (2 Re. 13, 21). A maioria das narrações, que se assemelham a florilégios, mostram um Eliseu rodeado pelos seus discípulos ou "filhos dos Profetas" que constituirão dentro da história de Israel um grupo muito característico e original. Escreveu-se muito sobre estes "Filhos dos Profetas" e a sua influência no povo de Israel e ainda no Novo Testamento, contudo faltam ainda estudos sérios que demonstrem muitas coisas obscuras sobre eles.

Uma síntese da vida de Eliseu, tal como nos apresenta a Sagrada Escritura, podia ser esta: a) É o Profeta dos milagres: Parece que o autor destes relatos tentava apresentá-lo como enviado de Deus e pregador do Deus verdadeiro, já que só ele - que vem de Deus - é capaz de fazer milagres. Alguns deles são extraordinários.

b) O discípulo de Elias: Esta é a sua mais-valia. Estava com os bois do pai e Elias convida-o para segui-lo. A seu lado aprenderá a fé em Javé e a fidelidade ao seu serviço. Seguirá os seus passos e procurará sempre ser-lhe fiel. Quando Elias for arrebatado aos céus, os discípulos logo o seguirão porque verão nele uma continuação do espírito de Elias.

c) Nas guerras e nas revoluções: Aqueles eram tempos turbulentos. A atividade de Eliseu não se limita à fraternidade dos seus discípulos. Chega a todos os cantos do Reino, onde a sua presença é necessária. Intervém em vários litígios entre reis mas nunca tomará parte nos sangrentos ajustes de contas.

d) Com os irmãos profetas: Parece que Elias os organizou embrionariamente e que eles chegaram à plenitude no tempo de Eliseu, que concedeu forma estável ao seu ministério. Levam vida comum. Aparentemente guardavam a castidade ou celibato. Recebiam tonsura e levavam uma vida muito austera e de oração continuada. Os Carmelitas consideram Elias e Eliseu como "pais espirituais" da Ordem e, desde tempos muito antigos, celebram neste dia a festa de Santo Eliseu e a de Santo Elias a vinte de Junho.

fontes :
http://encontrocomcristo.com.br/santo-do-dia/?dia=14&mes=06&ano=2014&type=1 
http://carmeloemmissao.blogspot.com.br/2011/06/santo-eliseu-profeta.html

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu Comentário