Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 2 de julho de 2017

Julho - Mês dedicado a N. Sra do Carmo


Reflexão Sobre o Hino Flos Carmeli 

"Como carmelitas, manifestamos a nossa devoção à Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo, celebrando com solenidade extraordinária, todos os anos, a Festa do Carmo. soleniza-se também todas as outras festas marianas do calendário litúrgico e, quando o permitam as leis da litúrgicas, são recomendáveis a missa votiva da Bem-Aventurada virem Maria do Carmo e o Oficio de Santa Maria ao Sábado. alem disso, recomenda-se que, todos os dias, nós carmelitas, em todos os conventos, cantemos em conjunto o "Flos Carmeli", a "Salve Regina", ou qualquer outra antifona mariana, segundo os tempos litúrgicos" (Contituições da Ordem do Carmo, 87)


Sendo o Flos Carmeli o Hino e Oração a Nossa Senhora do Carmo, e visto que os carmelitas devem rezá-lo, vamos ver como surgiu essa oração:


"A tradição da Ordem põe na lábios de São Simão Stock um linda oração á Virgem Maria. O texto mais antigo conhecido encontra-se no Officium rhythmicum, manuscrito guardado na biblioteca universitária de Cambridge e que foi escrito depois do ano de 1507." (Como Pedras Vivas... no Carmelo, p.87)

E, sobre essa oracao, explica frei Henrique Esteve (1905-1990):

- É uma oração rítmica, que em primeiro lugar oferece duas breves estrofes e versos alternativamente consoantes (a, b, a, b, c, d, e, d, e, c), a ideia de perfeitissima e distinata que esta na base daquele profundo e dedicado amor ou devoção.

- Na primeira estrofe Maria é apresentada como é em si mesma, nestes quatro títulos distintos e conexos: “Flor do Carmelo, Videira Florida, Esplendor do céu, Virgem Mãe singular”. Deste, o ultimo, “Virgem Mãe” – que recorda o conceito central mariano, a virgindade fecunda,sobrenatural ou divina, em virtude da qual Maria constitui ela só Virgem Mãe de Deus, uma ordem à parte, de singularidade trancendental, singular, como vem dito especificamente, e a luz dessa doutrina devem ser explicados os demais títulos.

- Flor do Carmelo, Maria possui toda aquela beleza fragrante belza espiritual representada simbolicamente no Carmelo. Com efeito Isaias referindo-se a virgem filha de Israel, a esposa de José nos tempos messiânicos, tinha dito: “florescerá... lhe será dada a formosura do Carmelo” (Is 35,2).

- Videira Florida, faz menção da graça de fecundidade divina, e que segundo o pensamento dos santos Padres tem relação com Is 11,1 “Sairá um rebento do tronco de Jessé, e de suas raízes brotará um renovo”

- Esplendor do céu, faz refencia ao texto do apocalipse “Um grande sinal foi visto no céu: uma mulher revestida de sol, com a lua sob seus pés e sobre sua cabeça uma coroa com doze estrelas, a qual tinha um filho no seu seio” (Ap 12,1-2).

- Mãe afável, mas sempre Virgem, esta invocação em si mesmo não é mais que uma repetição dos versos “Virgem Mãe, singular” porém em uma ordem superior transcendente, constituindo esta admirável união, toda a singularidade de Maria.

- Aos Carmelitas sede propicia, é a parte da oração como suplica ou pedido, enquanto expõe aquilo que a Virgem é para nós carmelitas.

- Estrela do Mar, Invocação popular a Maria na Idade Media, que esta ligada à explicação de São Jerônimo a etimologia do nome Maria que segundo ele quer dizer estrela."

Fonte
Pastoral Vocacional Carmelita

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu Comentário